Lauro de Freitas, 20 de abril de 2014
Home » Notícias » Literatura de Cordel esclarece população sobre Lei Maria da Penha

Notícias

Literatura de Cordel esclarece população sobre Lei Maria da Penha

Postado 01 de Agosto de 2013 às 11:04

“A Lei Maria da Penha está a todo vigor. Não veio pra prender o homem, mas para punir o agressor. Pois em uma mulher não se bate, nem mesmo com uma flor”. O verso, trecho de um dos cordéis mais famosos do cantor, cordelista e arte educador cearense Tião Simpatia, fruto de uma parceria com o Instituto Maria da Penha, ganhou a atenção do público presente no Restaurante Popular, durante o dia de comemoração aos 51 anos de Emancipação da cidade de Lauro de Freitas.

Reconhecido pela Organização das Nações Unidas (ONU), “A Lei Maria da Penha em Cordel”, aborda de forma simples e objetiva os principais artigos da Lei que ampara a mulher em casos de violência doméstica e familiar.

Para a estudante de Publicidade, Érica Moreira, “trazer a temática para um dia como esse é uma iniciativa importantíssima, pois além de informar sobre a lei, transmite segurança, mostrando que nós mulheres não estamos sozinhas, mas sim amparadas por uma lei que se faz fiel”, declara.

De acordo com a secretária de Políticas para Mulheres (SPM), Simone Medeiros, a ação teve o intuito de informar e conscientizar a população sobre a lei e a importância do enfrentamento à violência contra a mulher.

“Atualmente, Lauro de Freitas ocupa o sexto lugar no ranking das cidades com índice de maior violência contra a mulher, por isso não podíamos deixar de trazer uma figura tão importante como o Tião Simpatia para esclarecer a população em uma data tão significativa para o município”, afirma Simone.

Sobre o cordelista - Nascido na cidade de Fortaleza (CE), Tião Simpatia foi alfabetizado aos 15 anos de idade através da Literatura de Cordel no interior do Ceará. Com cinco CDs e dois DVDs gravados, o arte cordelista já passou por diversos países da África e da América Central, além de vários estados brasileiros, divulgando sua obra.