Pioneira na RMS, Lauro de Freitas implanta Ronda Maria da Penha

Pioneira na RMS, Lauro de Freitas implanta Ronda Maria da Penha

O primeiro núcleo da Ronda Maria da Penha na Região Metropolitana de Salvador (RMS) foi instalado na manhã desta terça-feira em Lauro de Freitas, numa parceria da Prefeitura local com a Polícia Militar. A unidade, que atende mulheres vítimas de violência doméstica sob medida protetiva, vai funcionar na sede da Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres (SPM), em Vilas do Atlântico.

O Núcleo será comandado pela tenente Letícia Mercês. Durante a cerimônia de instalação, o grupo de PMs que vai realizar o atendimento da RMP recebeu da prefeita Moema Gramacho o braçal com detalhes na cor lilás, em referência a luta feminista. A gestora entregou também a chave da viatura exclusiva destinada à Ronda.

“Não é porque é em Lauro de Freitas, mas se pudermos ser a melhor Ronda vamos ser. E que todos os municípios implantem e digam que querem ser melhores também. Se for assim todas vão funcionar e fazer com que a luta se fortaleça cada vez mais”, destacou a prefeita.

O coronel Alfredo Nascimento, comandante do Policiamento na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) da RMS disse esperar que a unidade de abra caminhos para que outros municípios também implantem o serviço. “É uma satisfação para a PM entregar essa ferramenta de proteção às mulheres cidadãs de Lauro de Freitas”.

A Ronda Maria da Penha foi criada em 8 de março de 2015 através da assinatura de termo de cooperação entre as Secretarias de Política para Mulheres e de Segurança Pública junto à Defensoria Pública, Ministério Público e Tribunal de Justiça. “O enfrentamento à violência contra a mulher é responsabilidade de toda a sociedade. Quanto mais a gente consegue cooperação mais proteção teremos. Trazer para Lauro de Freitas solidifica a contribuição para as políticas públicas na rede de proteção às mulheres” enfatizou a major Denice Santiago, comandante da Operação Ronda Maria da Penha.

A tenente Letícia Mercês considera fundamental o apoio da Rede de Enfrentamento à Violência contra as mulheres de Lauro de Freitas para o sucesso do Núcleo. “Pra mim é uma honra fazer parte da Ronda Maria da Penha. Trabalhar apoiando mulheres vítimas de violência doméstica, buscando sobretudo resgatar a dignidade e autoestima dessas mulheres”, pontuou.

A cerimônia contou com a participação de vereadores e secretários municipais locais, de representantes do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher, parceira na iniciativa, de autoridade estaduais e entidades de mulheres. A secretária Estadual de Política para as Mulheres, Julieta Palmeira, destacou o papel da Ronda na Rede Estadual de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher.

Para a secretária da SPM de Lauro de Freitas, Barbara Chaves, este é um momento importante, “uma conquista significativa referenciada há muitos anos por muitas mulheres. O Governo do Estado e a Prefeitura de Lauro de Freitas avançam na conquista de equipamentos que garantem e fortalecem as políticas públicas para as mulheres”.

O município já conta com o Centro de Referência Lélia Gonzáles, que de janeiro de 2017 até maio de 2018 realizou 317 atendimentos a mulheres vítimas de violência.