Programa que ensina a dizer não às drogas forma mais 1.300 jovens em Lauro de Freitas

Programa que ensina a dizer no s drogas forma mais 1.300 jovens em Lauro de Freitas

O grito de guerra “Luz, Câmera, ação, hoje é dia de Proerd” ecoou na voz dos mais de 1.300 crianças de oito escolas da rede municipal de ensino de Lauro de Freitas, e abriu, na tarde desta sexta-feira (17), a cerimônia de formatura dos estudantes que participaram do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd). Executado nos primeiros seis meses deste ano com aulas dinâmicas nas unidades escolares, o Programa orientou crianças e adolescentes a dizerem não às substancias psicoativas, a lidar com situações conflituosas e como andar em segurança pelas ruas.

“Essa iniciativa é realizada no município há dez anos com êxito. Um programa de sucesso e que tem surtido efeitos na juventude e nas famílias”, destacou a prefeita Moema Gramacho. Nessa década de atuação no município, o Proerd recebeu mais de 15 mil crianças e adolescentes nas suas aulas.

A solenidade, realizada na Concha Acústica Roger Batera, se transformou numa grande comemoração com direito a brincadeiras descontraídas do humorista Chiquinho, e apresentações da Companhia de Cães do Batalhão de Polícia de Choque. Três animais treinados simularam abordagens a suspeitos, imobilização e localização de drogas.

O pastor alemão Black foi o centro das atenções. A garotada assistiu surpresa a atuação do cão de cinco anos de idade, adestrado desde filhote pelos policiais, que prontamente atendeu o comando do seu treinador. “Eu fiquei encantada com os cachorros. Eles são muito valentes e trabalham com os policiais”, disse a aluna da escola Municipal Vovó Ciça, Naterly Souza. Ela e outras sete crianças foram premiadas com uma bicicleta pelas melhores redações com o tema “O que significa Proerd para você”.

Emocionada a soldado e instrutora do programa, Lesley Souza, entregou o título “Amigos do Proerd” aos secretários Chefe de Gabinete Leto Lopes e da Educação Paulo Gabriel Nacif, a Ronaldo Lopes, a Ricardo Santos e à presidenta da Câmara de Vereadores Naide Brito. Juntamente com o comandante da 52ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), Fabrício Silva, a prefeita foi condecorada com placa em agradecimento ao apoio dado pela sua gestão a atividade educacional. Os instrutores também foram homenageados pelo comando. “Essas pessoas que tem tanta dedicação ao que fazem”, frisou Silva.

Em dez anos de atuação em Lauro de Freitas, crianças como o pequeno Antônio dos Santos, da Escola Municipal Fênix, aprenderam o quão nocivas podem ser as drogas ao corpo e ao convívio social. “Em uma situação que eu vivi me lembrei dos ensinamentos do Proerd. Uma pessoa me pediu para eu levar um pacote para alguém e eu disse não e sai de perto dele o mais rápido possível e falei com a minha família”, relatou. “Histórias de como os ensinamentos fixados em sala de aula são multiplicados dentro do convívio familiar e na comunidade em geral são comuns e é o foco do programa”, explicou o sargento Juraci Brandão.

Executado pela 52ª CIPM em Lauro de Freitas, o programa desenvolve a conscientização com alunos da educação infantil ao 7º ano do ensino fundamental das escolas públicas e particulares. A meta, até o final do ano, é alcançar cerca de três mil crianças e adolescentes em 2018.

 

 

Jornalista Giovanna Reyner

Fotos Lucas Lins

17/08//2018