Tudo pronto para a “Folia de Respeito” em Lauro de Freitas

Tudo pronto para a Folia de Respeito em Lauro de Freitas

O clima de diversão já se espalhou por Lauro de Freitas. A cidade se prepara para o Carnaval que este ano trará para as ruas a celebração da diversidade com o tema “Folia de Respeito”. A abertura acontece nesta sexta-feira (9), às 18h, no final de linha do Centro. No local, a prefeita Moema Gramacho entrega as chaves da cidade ao rei Momo Duzinho Nery, e à rainha Isis de Oliveira, que durante quatro dias reinarão ao som de bandas locais sobre dezenove blocos tradicionais, charangas,  fanfarras e milhares de foliões.

Segundo município a aprovar a Lei Antibaixaria, Lauro de Freitas orientou e vai fiscalizar com rigor o repertório das bandas que vão tocar no município. A lei, aprovada em dezembro de 2011, na segunda gestão da prefeita Moema Gramacho, veda a contratação, com dinheiro público, de artistas cujas músicas desqualificam as mulheres. O tema da festa tem tudo a ver com essa proibição. “Folia de Respeito às mulheres, às crianças, aos idosos, aos LGBTs, contra toda forma de discriminação e intolerância”, pontua a prefeita.

De acordo com o secretário da Cultura e Turismo (Secult), Manoel Carlos dos Santos, a estrutura da folia foi pensada para “garantir a alegria, conforto e comodidade para públicos de todas as idades”, disse.  Os idosos e as crianças ganharam espaço garantido e especial na programação. No sábado (10), a turma da velha guarda poderá relembrar antigos carnavais e suas marchinhas no Baile da Terceira Idade e PDC (pessoas com deficiência). A festa acontece às 15h no Clube Ipitanga. Já para a garotada o dia marcado para sacudir o esqueleto e tirar o pé do chão é domingo (11), no mesmo local, a partir das 9h.

Um Palco Alternativo será montado no coreto da Praça da Matriz. O espaço é reservado para o Hip Hop, Rock n’ Roll e Reggae. Na grade da programação, nomes locais como Banda Zimbabwe, Kaos MC, Banda Choros e Risos e Banda Norfist farão a alegria dos amantes dos ritmos. Já na Praça Martiniano Maia, a quebradeira promete não deixar ninguém parado. Trios estarão no local para celebrar o swing da axé music e do pagode baiano com nomes como Banda Pegadeira, Mil Verões, Naty Bahia e Eleaine Paranhos.

Infraestrutura

A Secult estima que mais de vinte mil pessoas por dia brinquem no circuito que leva o nome do mestre da cultura popular de Lauro de Freitas e artesão, seu “Sivú”. Tradição mantida, a concentração dos blocos será no final de linha em direção a Praça da Matriz. Em todo o percurso, banheiros químicos serão instalados. Equipes da Secretaria de Saúde estarão no trajeto distribuindo preservativos femininos e masculinos, além de material informativo sobre Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) e Aids. Ambulâncias também estarão de plantão para qualquer eventualidade.

A cada passagem de bloco, agentes de limpeza da Secretaria de Serviços Públicos farão a varrição. O gestor da pasta, Renato Braz informa que durante os dias da festa a coleta de lixo residencial será feita normalmente, conforme a rotina de horários em cada bairro. A Secretaria da Mulher (SPM), atuará com faixas no percurso do Carnaval conscientizando quanto a violência contra a mulher e distribuindo preservativos e material informativo.

Segurança

Desde terça-feira (6), quem passa Avenida Amarílio Thiago dos Santos, onde os blocos desfilarão, já pode observar a mudança no cenário com a implantação de Postos Elevados que servirão de apoio a efetivos da Polícia Militar da Bahia (PM-BA). De acordo com o major Fabrício Silva da 52ª CIPM (Companhia independente de Polícia), o efetivo ampliado estará nas ruas durante os dias da folia. “Além do patrulhamento no circuito do Carnaval, nossas rondas pelos bairros continuam normalmente”, garantiu. A corporação também atuará nas entradas e saídas da cidade em blitz com bafômetro em parceria com a secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública (SETTOP).

Além do apoio e suporte da PM, a Superintendência Municipal de Segurança, colocará seu efetivo nas ruas. Guardas municipais farão ronda, patrulhamento e revistas para garantir a tranquilidade durante a festa.

Câmeras instaladas no circuito facilitarão o trabalho de identificação para as situações fora do padrão. “Nós estamos com 181 câmeras espalhadas em pontos estratégicos da cidade e com a finalização da manutenção que estamos realizando esse número será ampliado”, destacou o superintendente de Segurança, Junior Neves.