Via Metropolitana traz desenvolvimento social e econômico para Lauro de Freitas

Via Metropolitana traz desenvolvimento social e econmico para Lauro de Freitas

Mais que avanço na mobilidade urbana do município, a Via Metropolitana inaugurada na manhã desta terça-feira (19) pelo governador Rui Costa e a prefeita Moema Gramacho, é fator de desenvolvimento econômico e social para Lauro de Freitas e Região Metropolitana. Com 11,2 quilômetros de extensão, a via que conta com uma estrutura composta por sete viadutos, quatro pontes e um túnel, vai receber cerca de 15 mil veículos por dia e diminuir o fluxo na Estrada do Coco e o tempo de deslocamento entre Salvador e o Litoral Norte.

Para o governador Rui Costa um dos objetivos da via é acabar com o engarrafamento de Lauro de Freitas. “O grande fluxo de veículos atrapalhava os moradores do município e quem utilizava a avenida sentido Litoral Norte. Estamos estruturando toda RMS com uma malha viária adequada ao tamanho da Bahia”. O governador também fez questão de homenagear com uma calorosa salva de palmas os trabalhadores que atuaram na construção da estrada.

Antes da cerimônia, a prefeita Moema Gramacho e o governador, acompanhados da imprensa e de autoridades políticas federal, estadual e municipal fizeram um tour pela via. “Fiquei emocionada ao ver o quanto esta obra é magnífica”. Moema lembrou o tempo em que trabalhava no Polo Petroquímico e ficava impossibilitada de se deslocar nos dias de chuva intensa, já que não havia outra via alternativa. “É um sonho que se tornou realidade, com viadutos, pontes e uma beleza sem igual”.

Em seu pronunciamento a prefeita de Lauro de Freitas anunciou a implantação de um bairro novo às margens da Via Metropolitana que abrigará loteamento, área empresarial e comercial, praças, parques e usina de reciclagem com os mais modernos padrões de sustentabilidade. “Essa é a nossa oportunidade de fazer deste local um espaço de convivência totalmente planejado para nosso município e RMS”. Outro empreendimento que terá relação direta com a nova via é o Hospital Metropolitano, em fase acelerada de construção pelo Governo do Estado, que prestará atendimento aos moradores de Lauro de Freitas e cidades vizinhas.

 

Mais obras para Lauro de Freitas

A prefeita agradeceu ao governador Rui Costa o investimento de R$5.4 milhões em equipamentos que vão aparelhar dois postos de saúde (Lavanderia e Tarumã) e um Pronto Atendimento (Centro), já em fase final de construção. Os recursos vieram de emendas da então deputada federal Moema Gramacho. Outros dois postos de saúde serão construídos pelo Estado no Jardim Castelhão e no Quingoma.

Moema ainda lembrou outros investimentos feitos pelo governo do Estado que estão transformando Lauro de Freitas: Academia de Saúde e Unidade de Acolhimento Infanto-Juvenil-UAIJ já em execução; a Estrada do Quingoma, as obras de macrodrenagem do Rio Ipitanga e de mais nove canais, orçadas em R$ 168.7 milhões, e o compromisso de transformar o Hospital Menandro de Faria em maternidade após a inauguração do Metropolitano.

A Via Metropolitana, um investimento de R$ 298 milhões, será gerida pela Concessionária Bahia Norte. Guilherme Eloy, presidente da concessionária ressaltou o quanto o grupo estava satisfeito com a inauguração da Via Metropolitana. “Hoje é um dia muito especial. Esse foi um projeto em que podemos contar com a visão inovadora do Governo e estamos muito felizes em poder entregar a via para todos os baianos”. Às 16h desta terça-feira a Via Metropolitana foi liberada para o tráfego.

 

Jornalista Mariana Cedrim

Fotos José Marcelino e Rafael Magno