Em apenas dois dias de triagem, Mutirão de Cirurgias de Lauro de Freitas já realizou 500 atendimentos

Por:Mariana Cedrim
Em apenas dois dias de triagem, Mutiro de Cirurgias de Lauro de Freitas j realizou 500 atendimentos31/10/2018 10:12 Foto:Edgard Copque

No segundo dia de triagem para o Mutirão de Cirurgias em Lauro de Freitas, nesta terça-feira (30), a Secretaria Municipal de Saúde contabilizava mais de 500 atendimentos. Sob as tendas armadas no estacionamento do Restaurante Popular, centro, moradores do município e de toda RMS buscavam uma vaga para cirurgias de tireoidectomia (retirada da tireoide), vesícula, hérnias, histerectomia para adultos, além de amigdalectomia com adenóide; hernioplastias inguinal, umbilical e epigástrica; e retossigmoidectomia (retirada da bolsa de colostomia) para crianças.

Com o cartão de marcação na mão, dona Maria Lídia não escondeu a felicidade de já estar com a data marcada para sua histerectomia. “Há três anos fui diagnosticada, mas só agora houve a necessidade de fazer a cirurgia e onde é que eu ia achar outra oportunidade como esta? Temos que reconhecer que nossa prefeita trabalha pra cuidar do seu povo”.

Para fazer a triagem é preciso ter de 14 a 65 anos (adultos) e de 4 a 13 anos (crianças), levar ao local de cadastramento RG, CPF, comprovante de residência, cartão do SUS e exames laboratoriais. O atendimento, das 7h às 17h, vai até esta quinta-feira (1).

A prefeita Moema Gramacho acompanhou a triagem neste segundo dia e relembrou o sucesso do primeiro mutirão no município. “Agradeço ao governador Rui Costa e ao secretário de Saúde, Fábio Vilas Boas, por trazer o mutirão mais uma vez para Lauro de Freitas e nos possibilitar atender não só os nossos munícipes, mas também moradores de municípios vizinhos”.

Em sua primeira edição em Lauro de Freitas o Mutirão de Cirurgias realizou 1040 procedimentos no Hospital Municipal Dia Jorge Novis. As cirurgias terão início no dia 8 de novembro e também serão realizadas no HMJN, exceto a retirada de tireoide e os procedimentos pediátricos que serão encaminhadas para a rede estadual.