Emoção marca Arrastão do Bankoma em Portão

Emoo marca Arrasto do Bankoma em Porto15/02/2018 11:23

Das sacadas e janelas ou acompanhando pelo chão, os sorrisos revelavam a alegria em ver o Bankoma passar. O bloco de Portão, que desfila no Carnaval de Salvador e em micaretas do mundo todo, incendiou a rua Queira Deus, em Lauro de Freitas, nesta Quarta-feira  de Cinzas (14). O ritual tradicional fecha todos os anos a folia momesca na cidade. "É uma forma de agradecer o apoio e carinho de nossa comunidade. A missão foi cumprida, levamos o nome de nossa terra para o mundo", afirmou o vocalista Jander Neves de cima do trio.

Bankomeira assumida, a prefeita Moema Gramacho foi recebida pelo povo que seguia o bloco com abraços acalorados e palavras de carinho. A pé, a gestora retribuiu a afeição dos moradores e destacou a importância do bloco não apenas durante o Carnaval mas, também, por seu projeto social. "É um patrimônio histórico e cultural que une arte, esporte, lazer e inclusão social. É maravilhoso ver esse bloco nos representando e exportando o que temos de melhor", disse.

A chuva que caia fininha não esfriou o ânimo do público. As casas estavam de portas abertas para o Furacão da Alegria que este ano trouxe o tema Ixi Ja Xiri que, de acordo com a mameto Mãe Lúcia, significa Terra da Esperança. "Celebramos a Kavungo, em bantu, ou Obaluaê em Nagô. Pedimos ao senhor das folhas paz, saúde e que a força que vem da terra continue nos sustentando", explicou ela ao lado de matriarcas do Candomblé, entre elas dona Ebominice da Casa Branca, Imperatriz da religião na Bahia.

Caia a tarde quando o Arrastão com milhares de pessoas chegou até a porta de entrada do Terreiro São Jorge Filhos da Goméia. A casa, uma das mais antigas e tradicionais da cidade, foi fundada por Mãe Mirinha de Portão e este ano completa 70 anos de existência. "Este também é o momento em que reverenciamos nossos ancestrais e lembramos os seus nomes, sua história e contribuição", completou a mameto.

Neste sábado  (17), o carnaval Folia de Respeito continua em Areia Branca. A festa conta com dois circuitos, o Chapéu de Couro e Dekão por onde devem passar blocos do bairro. Na programação ainda terão trios parados com bandas locais que prometem fazer a alegria do folião.