Procon de Lauro de Freitas dá dicas para as compras da Semana Santa

Por:Laerte Santana
Procon de Lauro de Freitas d dicas para as compras da Semana Santa11/04/2019 14:00 Foto:Edgard Copque

Fiscais da unidade de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Lauro de Freitas percorreram supermercados e feiras para analisar variação de preços de produtos que compõem o cardápio da Semana Santana. Além pesquisar preços de itens, como pescados, vinhos, azeites, oleaginosas e chocolates, o Procon alerta os consumidores para os cuidados que devem ser tomados durante as compras.

Entre 14 estabelecimentos visitados, o preço da corvina chega a ter uma variação de até 76% para o mesmo peso - 800 gramas. O menor valor do peixe foi R$ 13,00 em uma feirinha, contra R$ 22,89 em um atacado. De acordo dados da pesquisa, produtos como o leite de coco, das marcas mais conhecidas, os valores variam entre R$ 1,09 e R$ 4,69 - uma diferença de R$ 3,60.

Segundo o coordenador do Procon Municipal, Gleydson Faleiro, o órgão intensifica as ações de fiscalização nos períodos festivos em que o consumo aumenta. “Realizamos a operação Semana Santa com o intuito de alertar os munícipes sobre condições de armazenamento, embalagens, validade e outros requisitos importantes que precisam ser observados antes da compra do produto” ressaltou.

Dicas

Na hora da compra de pescados, o Procon orienta os consumidores a estarem atentos às condições de higiene do local e se estão bem armazenados e acondicionados. Para peixes frescos o ideal é observar se têm olhos brilhantes e cheios, escamas firmes e odor característico. Os pré-embalados, congelados, ou em conserva, recomenda-se solicitar a conferência do peso do produto em uma balança do estabelecimento.

Quem for consumir ovos de Páscoa deve estar atento ao formato e se estão em local arejado para não comprometer a qualidade. Quando houver brinquedos acompanhando o chocolate, a embalagem deve apresentar o selo do Inmetro e identificação da faixa etária adequada. Para todos os produtos é necessário verificar informações como prazo de validade, peso, quantidade, além da composição em casos de restrições alimentares.

Fiscalização

O Procon Municipal vistoriou as condições de compra e venda em supermercados de grande porte durante a “Operação Semana Santa”. Mais de 50 itens com validade vencida, entre laticínios, gorduras, doces e outros, foram encontrados em três atacados. Os estabelecimentos foram notificados e terão até 10 dias para se defenderem das irregularidades, caso contrário, podem ser multados. O Procon orienta o consumidor a observar com atenção a data de validade.

 

ASCOM Prefeitura de Lauro de Freitas

71 32888371